top

Como a interoperabilidade clínica tem revolucionado o sistema de saúde brasileiro

Como a interoperabilidade clínica tem revolucionado o sistema de saúde brasileiro
05/08/2021

Operadoras tem se beneficiado desse sistema, que proporciona atendimento eficiente a pacientes.

Uma grande dificuldade enfrentada pelo sistema de saúde é unificar os dados clínicos de pacientes que estão espalhados em diferentes sistemas. Fator que prejudica os atendimentos médicos, aumenta os custos para as empresas, com repetição de exames, e atrasa o diagnóstico, tempo que pode ser decisivo para evitar sérias complicações no quadro clínico do paciente. 

A interoperabilidade, além de solucionar esse problema, garante assistência integral e otimizada aos pacientes, que contam com tecnologia inovadora sempre a disposição.
Além disso, possui baixo investimento e rápido retorno às operadoras. 

Para o sistema de saúde representa uma evolução, em que profissionais da saúde não perdem mais tempo com atividades desnecessárias, como troca de programa ou digitando planilhas com dados dos pacientes. Diante disso, há o aumento da produtividade na rotina de médicos, que se dedicam ao que realmente importa: salvar vidas. 

O que é interoperabilidade clínica? 

Consiste na capacidade que os diversos sistemas da informação e aplicativos de software têm de se comunicar, compartilhar, trocar dados e utilizar as informações trocadas.

Com isso, é possível oferecer continuidade assistencial ao paciente onde quer que ele esteja, dispensando a duplicação de exames, o que representa economia a operadora e maior assertividade no diagnóstico e cuidado com o paciente.  

Vantagens do RES e interoperabilidade clínica na área da saúde:

- Agilidade no atendimento médico;
- Garante comunicação assertiva entre médicos, que compartilham o histórico clínico de seu paciente com outros profissionais da saúde; 
- Permite visão integral da saúde do paciente. Sendo assim, é possível diagnosticar previamente possíveis eventos adversos e, com isso, adotar agilmente o tratamento e evitar complicações;
- Segurança e proteção dos dados do paciente, de acordo com a Lei Geral de Proteção dos Dados (LGPD);
- Acompanhamento e acesso rápido, aos exames laboratoriais e de imagem;
- Redução de custos com exames desnecessários e identificação prévia de crônicos;
- Maior engajamento do paciente, pois ele tem acesso aos seus dados clínicos em seu smartphone, permitindo um maior autocuidado. 

Agora que você já conhece os benefícios que o RES e a interoperabilidade clínica pode trazer à sua empresa. Que tal conhecer o Registro Eletrônico de Saúde (RES) da Interall? Receba atendimento de nossos especialistas em: www.interallbrasil.com.br/contato

Contato

* Os dados solicitados nesse formulário serão utilizados apenas para a finalidade especificada no campo Assunto.
Sendo:
- Comercial: Interesse de quem está preenchendo em receber mais informações sobre a InterAll.
- LGDP: Interesse de quem está preenchendo em receber informações ou realizar solicitações sobre seus dados que eventualmente possam estar sendo tratados pela InterAll, nos termos do Art. 18 da LGPD.

Esse site utiliza cookies para viabilizar a sua navegação, gerenciar suas funcionalidades e aprimorar sua interação com nossos produtos e serviços. Todos os cookies, exceto os estritamente necessários, precisam de seu consentimento para serem utilizados. Para saber mais visite a nossa Política de Privacidade e Proteção de Dados.

Esse site utiliza cookies para viabilizar a sua navegação, gerenciar suas funcionalidades e aprimorar sua interação com nossos produtos e serviços. Todos os cookies, exceto os estritamente necessários, precisam de seu consentimento para serem utilizados. Para saber mais visite a nossa Política de Privacidade e Proteção de Dados.